h1

0. Perfil Chefe António

Sanfins do Douro é uma pequena freguesia do concelho de Alijó, que se localiza no dorso de uma colina, a dois quilómetros da margem do rio Pinhão.

Foi, pois, nesta terra que nasceu, em 1965, António Gouveia, cresceu, e desde cedo conviveu com os cheiros típicos de uma gastronomia das mais ricas de Portugal. Por entre os vinhedos e o crepitar do lume, que seca as alheiras, o, hoje, Chef António, agarrava-se ao avental da mãe, fazendo da cozinha o seu lugar de eleição.

No entanto, o seu percurso profissional traçou-lhe outros caminhos. Começou por se lançar à descoberta de bitas e bytes, no departamento de informática de uma empresa. Em 1991, integra a equipa de Jardim Gonçalves, no Banco Comercial Português, onde durante doze anos navega por entre números e teorias organizacionais. são estas teorias que, aliadas ao gosto pela gastronomia, o levam a deixar a banca e abraçar, finalmente, a sua verdadeira paixão.

Aliar a arte de bem cozinhar à arte de bem gerir uma cozinha profissional, tem sido a chave do seu sucesso, reconhecido nas funções que desempenhou em várias casas, nomeadamente no Restaurante Barão de fladgate, nas Caves Taylor’s, em Vila Nova de Gaia ou, mais recentemente, no Teatro Circo café, em Braga.

Actualmente, o chef António, dedica-se à concretização de um projecto pessoal (ver página O Cozinheiro) e ao prazer da escrita deste blog, onde versar poesia, falar de Eça de Queirós, ou partilhar novas, e velhas, receitas, se conjugam e cozinham de forma perfeita.

Da minha parte, que acompanhei esta viagem desde sempre, só posso deixar o elogio a alguém que faz o que faz por paixão e prazer de viver.

Sónia Pessoa

3 comentários

  1. Encontrei o seu blog através da sua mulher, é muito giro, tem coisas muito úteis e o Chef faz arte.
    Continue o seu trabalho!
    Ana


  2. O vosso culto a culinária é culturalmente raro. Adoro.

    O PANACOTA é demais!!! Base da Maria Mole?

    Vai sair cultura Nova. Hummmmm…..

    O Chiado, Cultura de Comer.


    • Caro Daniel Morais,

      A panacotta é realmente muito boa, receita da casa, com toque especial de quem aqui faz as sobremesas, mas nada tem a ver com a receita maria mole. A panacotta aqui tem ainda uma imensa variedade de molhos a acompanhar: frutos silvestres, limão, amoras,côpco e chocolate e morango. Venha provar! abraço



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: